Atualizações, Jejum Intermitente.

Registros recentes de atividade física

Passei mais de um  mês sem correr. No ínicio de Junho voltei mas sem o mesmo pique, percebi que nesta época de frio a qualidade da corrida é muito baixa, meu pulmão não aguentou como deveria, acabei pegando friagem.

À partir da segunda metade do mês, voltei a praticar exercícios mais frequentemente e  fazer calistenia/ yoga.

  • 17/06 (sábado):  Corri 1,3km. Mantive corridas mais curtas.
  • 24/06 (sábado):  Fiz 1km e corridas menores intercalando com caminhada igual à semana anterior.
  • 28/06 (quarta): Me alonguei em casa e fiz exercícios com o peso do corpo. Caminhei 1,3km para aquecer*. Em seguida, corri 3,7km (2 voltas + 1000m).  Mantive o ritmo mais lento e tentei manter a respiração constante. Foi meu melhor rendimento até agora.

*Normalmente eu corria logo após um alongamento simples no parque, sem caminhar.

Percebi que fazer uma refeição algumas horas antes e comer uma fruta minutos antes da corrida é o melhor para meu corpo.

JEJUM INTERMITENTE

Tentei cortar comidas com açúcar acrescido artificialmente. Comi frutas e carboidratos, carne, fiquei 5 dias assim. Ao comer doces no final de semana, após o período de abstinência, percebi na prática, como o açúcar (sacarose) me faz mal. Incômodo na cabeça, letargia entre refeições, estômago esquisito.

Nesse meio tempo também fiz jejum intermitente, nada muito radical, em geral entre 12-16h de jejum; .Não fiz para emagrecer, mas pelos benefícios como: rejuvenescimento, reciclagem celular e aumento da disposição ao longo do dia.

Eu havia visto várias informações sobre o assunto e praticamente todos relatavam melhora na capacidade de concentração, mais ânimo por não haver oscilações bruscas de glicose no sangue entre outros benefícios. Pessoalmente, senti menos cansaço ao longo do dia e consegui pensar com mais clareza;

Apenas um dia que fiz atividade física sob jejum e acabei comendo demais na janela de refeições. Parecia que eu nunca havia visto comida e, por mais que eu comesse, a fome não passava. Mas foi bom para testar e ver que em dias de exercício devo manter as refeições normais ou fazer um jejum de no máximo 12h.

MUDANÇA DE HÁBITOS

  • Não levo celular pra cama: Acabo dormindo mais rápido. Tenho dormido cerca de 8h~ 08h10 por noite.
  • Levantar assim que despertar:  Antes eu acordava e enrolava, acaba dormindo mais do que o necessário, agora eu levanto assim que acordo.
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s